CPFem apresenta campanha jurisdicional para a Corregedoria do TRE-CE

A reunião ocorreu na tarde dessa terça-feira, 22/6

Banner Ascom/TRE-CE. Descrição da imagem no texto da notícia

A Comissão de Participação Feminina (CPFem) apresentou, na tarde dessa terça-feira, 22/6, a campanha "Mulheres nos partidos políticos: por cotas reais" para o vice-presidente e corregedor eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), desembargador Raimundo Nonato Silva Santos, e para o secretário da Corregedoria Regional Eleitoral (CRE), Pedro Bruno Trigueiro. O encontro buscou o apoio e a parceria da CRE na disseminação do projeto e na realização das atividades propostas no plano de ação jurisdicional

Na abertura do encontro, a juíza eleitoral da 109ª ZE (Paracuru) e representante da CPFem, Bruna dos Santos Costa Rodrigues, fez referência à Resolução CNJ nº 325/2020, que dispõe sobre a Estratégia Nacional do Poder Judiciário 2021-2026, e destacou as temáticas ligadas à participação Feminina. A magistrada também ressaltou a apresentação do plano de ação jurisdicional da Comissão ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do elogio que o projeto recebeu pela relevância do tema. 

A juíza frisou ainda sua participação no grupo de trabalho do CNJ que tem como finalidade a elaboração de estudos e propostas visando ao combate à violência doméstica e familiar contra a mulher. Outro importante ponto enfatizado pela magistrada foi no sentido de compreender que as atividades do projeto jurisdicional não podem ser analisadas de forma isolada e por isso a necessidade do apoio da nova gestão do Tribunal, para sensibilizar magistradas, magistrados, promotoras e promotores eleitorais quanto ao julgamento de ações que versam sobre as candidaturas fictícias.

Em seguida, a servidora e coordenadora da CPFem, Letícia Passos fez um breve relato sobre a Meta 9, destacando principalmente o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nº 5, que trata da igualdade de gênero. Letícia também elencou os dois projetos elaborados pela Comissão de Participação Feminina para atender o público interno e externo.

Na sequência, a servidora e integrante da CPFem Roberta Laena apresentou a equipe do grupo de trabalho jurisdicional, explicou as ações que serão implementadas pelo projeto e mostrou os cards de divulgação da campanha produzidos pela Assessoria de Imprensa, Comunicação Social e Cerimonial (Ascom). Após, Adriana Alcântara, servidora da Seção de Gerenciamento de Dados Partidários (SEDAP/TRE-CE) e também integrante da Comissão, exibiu quadro comparativo que evidencia a desvantagem das candidaturas femininas na disputa política, bem como apontou as Ações de Impugnação de Mandato Eletivo (AIMEs) e as Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJEs) que versam sobre as candidaturas fictícias.

Ao final, foram expostas para o corregedor algumas das intenções de parcerias para campanha que precisam da ciência e do apoio da Administração. Sobre essas parcerias e o apoio da CRE, o desembargador Raimundo Nonato Silva Santos frisou que as propostas "são muito interessantes" e que a Comissão "pode contar com o apoio da Corregedoria". O corregedor também parabenizou a Comissão pelo trabalho realizado. 

 

#PraTodoMundoVer

Banner retangular com fundo vinho. Na parte superior, print da reunião com as imagens das servidoras da Comissão de Participação Feminina (grupo de trabalho jurisdicional), da juíza Bruna Rodrigues, do desembargador Raimundo Nonato Silva Santos e do secretário da Corregedoria, Pedro Bruno Trigueiro.

Últimas notícias postadas

Recentes