CPFem inicia curso para diretórios estaduais sobre participação feminina na política

A capacitação foi transmitida pela plataforma Microsoft Team e terá continuidade nos dias 24 e 31/8

Banner Ascom/TRE-CE. Descrição no final do texto da notícia.

Na noite dessa terça-feira, 17/8, a Comissão de Participação Feminina (CPFem) deu início ao curso "Mulheres nos partidos políticos: por cotas reais" para integrantes dos diretórios do estado do Ceará. A capacitação foi transmitida pela plataforma Microsoft Team e terá continuidade nos dias 24 e 31/8. O objetivo do curso, que integra o plano de ação da Comissão, é sensibilizar as(os) participantes acerca da violência política de gênero manifestada nas candidaturas fictícias, bem como incentivar a participação feminina na política.

Na primeira aula, a servidora do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) e integrante da CPFem, Roberta Laena, abordou aspectos históricos da não participação da mulher na política e falou sobre a inércia dos partidos políticos com relação a essa matéria. Roberta fez referência, ainda, à sub-representação feminina e às candidaturas fictícias, destacando pontos importantes da sua pesquisa de doutorado e da sua experiência como chefe de cartório no interior do estado.

A palestrante trouxe também alguns julgados recentes do TRE-CE sobre a cassação de chapas por fraude na cota de gênero, para ilustrar o conceito e o procedimento referente às Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE). 

Ao final, as(os) participantes elogiaram a iniciativa do Tribunal e da Comissão e fizeram várias sugestões que se coadunam com o projeto desenvolvido pela CPFem.

Próximas atividades

Nos dias 24 e 31 de agosto, das 19h às 21h, será dada continuidade às atividades relacionadas ao curso "Mulheres nos partidos políticos: por cotas reais". Nos encontrosserão apresentadas aos(às) cursistas as palestras com os seguintes temas:

  • Dia 24/8 - Aula 2: Mulheres e Partidos Políticos

Facilitadora: Adriana Alcântara
Assuntos: Diagnóstico das Eleições Municipais de 2020; Realidade partidária nos municípios; Filiadas fictícias; Mulheres nos diretórios partidários; Diretórios municipais: proposta de alcance e sugestões; Distribuição das cotas - 5% do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral; Julgamento das ações de prestação de contas anuais; Exemplos de ações partidárias de promoção e incentivo à participação política feminina.

  • Dia 31/8 - Aula 3: A promoção da participação das mulheres na política e Campanhas Institucionais: um olhar sobre a comunicação acessível e inclusiva

1. A promoção da participação das mulheres na política
Facilitadoras: Adriana Alcântara e Roberta Laena
Assuntos: Processo de recrutamento de candidatas; Obstáculos à participação das mulheres na política (divisão sexual do trabalho, papéis de gênero e acúmulo de atribuições, maternidade, horário de reuniões, remuneração etc); Mulheres interessadas: por onde começar?

2. Campanhas Institucionais: um olhar sobre a comunicação acessível e inclusiva
Facilitadora: Viviane Mazulo 
Assuntos: Comunicação acessível e inclusiva; Onde comunicar?; Vamos falar sobre recursos assistivos?; e Conceito da Campanha "Mulheres nos partidos políticos: por cotas reais", criado pela ASCOM.

 

Texto: CPFem

 

#PraTodoMundoVer

Banner retangular de fundo roxo. À esquerda, print com a imagem da palestrante, de parte das servidoras da Comissão da CPFem e das(os) cursistas. À direita, a chamada: Curso, em letras brancas; e o complemento: Participação Feminina na Política, amarela. No canto inferior direito do banner, as logos da CPFem e do TRE-CE laranja.

 

Últimas notícias postadas

Recentes