Lançada a cartilha Ouvidoria Eleitoral: Canal Aberto com o Cidadão

Ouvidoria lança cartilha
Juiz Ouvidor Mauro Liberato apresenta cartilha ao Pleno do TRE-CE

A Ouvidoria Regional Eleitoral lançou na quinta-feira, 18/12, durante a sessão do Pleno, a cartilha Ouvidoria Eleitoral: canal aberto com o cidadão. A publicação, que foi apresentada pelo Juiz Ouvidor Francisco Mauro Ferreira Liberato, traz todas as informações sobre o funcionamento, as atribuições e os projetos da ORE.

Em uma linguagem clara e direta, a cartilha explica como a Ouvidoria faz a intermediação entre o público e o Tribunal, recebendo e encaminhando as manifestações relacionadas aos serviços prestados pela Justiça Eleitoral cearense. As reclamações, denúncias, críticas, sugestões e elogios são enviadas às unidades responsáveis, sendo acompanhadas até a resposta final ao interessado. A partir daí, as demandas são periodicamente analisadas e podem gerar recomendações à administração para implementar melhorias nos serviços oferecidos pelo TRE-CE.

A publicação ressalta ainda a importância da participação do corpo administrativo do Tribunal para o aprimoramento desta Justiça Especializada. As demandas de servidores, terceirizados e estagiários também recebem o mesmo tratamento, com o objetivo de fortalecer o relacionamento interno e a gestão participativa, democrática e transparente, em busca da satisfação dos usuários e do aperfeiçoamento contínuo dos serviços.

A cartilha apresenta os projetos desenvolvidos como a Ouvidoria vai à Escola, realizado em parceria com a Escola Judiciária Eleitoral, no intuito de disseminar a cultura da cidadania e da democracia participativa entre os jovens de 12 e 17 anos e, por meio de palestras, divulgar o papel da Ouvidoria como instrumento de controle social e cidadania.

O texto, editoração e pesquisa são da servidora do TRE-CE, Taís Helena Leão Loureiro, que contou com o apoio da equipe de revisão composta pelos servidores Antônio Sales Neto, José Ribeiro Filho, José Vasconcelos Arruda Filho, Paulo Magno Carvalho de Albuquerque, Rivana Pinto de Azevedo, Sérgio Rodrigues Ramos e Waldemir Higino Farias Paz. A coordenação do trabalho é do Juiz Ouvidor, Mauro Liberato, com supervisão do Assistente da Ouvidoria, Higino Farias.

Últimas notícias postadas

Recentes