TRE-CE realizará auditoria da votação eletrônica na eleição suplementar de Jaguaruana

A Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica foi instituída por meio da Portaria TRE nº 709/2021

Banner de divulgação da Auditoria em Jaguaruana. Descrição da imagem no final da notícia.

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará realizará auditoria da votação eletrônica durante as novas eleições para os cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Jaguaruana. Para tanto, foi designada, por meio da Portaria TRE nº 709/2021(arquivo PDF - 53Kb), a Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica, responsável pelos procedimentos de fiscalização e auditoria das urnas eletrônicas, dispostos nas Resoluções TSE nº 23.603/2019 e TRE-CE nº 839/2021(arquivo PDF - 82Kb), nas eleições  suplementares do município de Jaguaruana, bem como em outras eventuais eleições suplementares referentes ao pleito de 2020.

Sorteio

Por meio do Edital de Convocação para sorteio, publicado no Diário da Justiça Eletrônico, dia 13/10, a  Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica convoca partidos políticos, Ordem dos Advogados do Brasil,  Ministério Público Eleitoral, entidades da sociedade civil organizada e público em geral, para a realização do sorteio das urnas eletrônicas para auditagem: uma será destinada à auditoria de funcionamento sob  condições normais de uso e a outra será submetida à auditoria de verificação da autenticidade e  integridade dos sistemas instalados nas urnas, que será realizada na própria seção eleitoral, antes do início da votação.

O evento será realizado na Sala de Sessões do Tribunal, no dia 6 de novembro, véspera das eleições, às 9h, sob o comando do presidente da Comissão, o juiz auxiliar da Presidência do TRE-CE, Rommel Moreira Conrado, e será transmitido pelo canal do TRE-CE no Youtube.

Auditorias

No dia 7 de novembro, data em que ocorrerá a eleição suplementar, acontece na Sala de Sessões do  Tribunal, conforme Edital de Divulgação do Local da Auditoria, a votação de auditagem, paralela à oficial, a fim de demonstrar que a quantidade de votos digitados na urna eletrônica, a partir das cédulas previamente preenchidas, corresponde à mesma quantidade que consta no Boletim de Urna, ao final dessa votação.

Enquanto na seção eleitoral, onde se encontra uma das urnas sorteadas, antes do início do pleito, acontece a verificação da autenticidade e integridade dos sistemas instalados na urna, onde é verificado, na presença do juiz eleitoral, dos representantes do Ministério Público (MP) e da Ordem dos Advogados do  Brasil (OAB), bem como de fiscais de partidos, se as assinaturas digitais dos sistemas lacrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), conferem com as assinaturas constantes na urna auditada.

Comissão de Auditoria

Além do juiz Rommel Moreira Conrado, a comissão é composta por representantes das Secretarias de Gestão de Pessoas; de Tecnologia da Informação; Judiciária e de Administração, bem como da Corregedoria Regional Eleitoral.

 

#PraTodoMundoVer

Banner retangular, divido ao meio na diagonal à direita. Na parte superior esquerda, as logos do TRE-CE e das Eleições Suplementares 2021. Do lado direito, a foto de uma urna eletrônica e de parte de um terminal do mesário. No lado esquerdo, o fundo é verde-escuro. Na parte central, em toda extensão do banner, uma tarja branca com a descrição "Auditoria da Votação Eletrônica", com letras cinza-escuras.

Últimas notícias postadas

Recentes