TRE realiza o 2º encontro com professores para estimular voto consciente entre os jovens

Encontro com professores promovido pela EJE
Encontro com profesores faz parte do projeto Justiça Eleitoral nas Escolas

A Escola Judiciária Eleitoral  (EJE) do TRE-CE deu prosseguimento às atividades do Projeto Justiça Eleitoral nas Escolas, nesta segunda-feira, 25/8, no auditório da Justiça Federal, e promoveu o  2º Encontro com Professores das redes pública e particular de ensino, dentro do Programa Eleitor do Futuro.

Na abertura do evento, o diretor da EJE, desembargador Filgueira Mendes, destacou o papel da Justiça Eleitoral na educação política. “Não é suficiente aplicar o Direito Eleitoral, o que é mais comovente no nosso trabalho é essa possibilidade de auxiliar na formação do jovem eleitor”.

As ações desenvolvidas pelo Programa Eleitor do Futuro foram apresentadas, em seguida, pelo servidor do TRE, José Vasconcelos Arruda. Ele percorreu os 11 anos de história do programa, ressaltando as principais atividades, como cadastramento de eleitores jovens, cursos de formação para docentes, elaboração de vídeo temático, educação política com a confecção de material didático para alunos e professores, e capacitação de servidores do TRE para atuarem no projeto.

Na palestra seguinte, a professora de Filosofia da Unifor, Sandra Helena de Souza, levantou temas para despertar o interesse dos alunos e que podem ser debatidos em sala de aula. A professora discorreu sobre as manifestações de junho/2013, fazendo paralelos com a democracia, a participação popular na vida política e a reforma política.

Em seguida, o professor Idelson de Almeida Paiva Junior falou aos presentes e sugeriu metodologias a serem adotadas pelas escolas.

Ação coordenada

O 2º Encontro com Professores faz parte do projeto ‘Justiça Eleitoral nas Escolas’, incluído no Programa Eleitor do Futuro, que tem como objetivos: promover a educação política de jovens de 12 a 17 anos de idade; informar acerca da importância, finalidade e consequências do exercício do voto, e estimular o envolvimento dos jovens nas discussões das diversas questões sociais. Para que o projeto pudesse ser executado, a Escola Judiciária Eleitoral firmou parceria com a Secretaria da Educação do Estado do Ceará, envolvendo mais de 200 professores da rede pública, em 60 escolas da capital.

Segundo Priscilla Siqueira, coordenadora da EJE, as palestras do encontro servirão de subsídio para os professores. “A partir deste momento, os docentes deverão trabalhar os temas nas escolas e, no final de setembro, será apresentada a culminância de cada projeto”.

Últimas notícias postadas

Recentes