TRE Solidário: conheça a APAECE e a Casa Sol Nascente

A campanha ampliou sua lista de beneficiados nesta 3ª edição

TRE Solidário: conheça a APAECE e a Casa Sol Nascente

O TRE Solidário ampliou sua lista de beneficiados nesta 3ª edição. Nesta terça-feira, 15/9, conheceremos um pouco sobre duas instituições alcançadas pelo projeto, que vem levando solidariedade para as famílias vulnerabilizadas em consequência do covid-19.

As ações do TRE Solidário iniciaram em abril deste ano com o intuito de incentivar magistrados e promotores eleitorais, bem como servidores, a efetuar doações voluntárias para aquisição de cestas básicas e de kits de higiene e limpeza para famílias carentes e necessitadas no período de pandemia.

Associação dos Proprietários, Artistas e Escolas de Circo do Ceará (APAECE)

O América Circo, assim como todos os demais circos espalhados pelo Ceará, está com as atividades suspensas desde o início da pandemia, reorganizando-se agora para o retorno das apresentações. Enquanto isso, as famílias dos circenses habitam seus trailers e tentam enfrentar as dificuldades do período, sem renda - que é proveniente da arrecadação de bilheteria - e com todos os ônus da itinerância.

Reginaldo Aparecido, presidente da Associação dos Proprietários, Artistas e Escolas de Circo do Ceará (APAECE), é um dos que, junto à sua família, enfrenta os percalços de meses sem apresentações. O América Circo, propriedade de sua família há seis gerações, está, desde março, montado no bairro Conjunto Ceará. A lona continua armada, mas todos os objetos e demais estruturas necessárias a uma apresentação estão aguardando um retorno ainda incerto. Nos trailers que circundam o local, ele e sua família buscam sobreviver, contando com doações esporádicas de organizações, dos vizinhos ou de pessoas que passam, veem a situação dos circenses e decidem ajudá-los.

Sobre a colaboração do TRE-CE, ele declara: “É uma ajuda muito bem-vinda. Se não fossem as contribuições dos nossos parceiros, dos vizinhos, muitos artistas teriam passado fome, por que as apresentações não estão acontecendo e nós vivemos da renda das bilheterias”, diz.

Falando sobre as contribuições, ele afirma “Toda vida que estão acabando, chega alguém pra ajudar. Já tinha acabado quando o TRE chegou. Até o final de setembro, estas cestas vão nos sustentar”, enaltece. Segundo o presidente da APAECE, são 51 circos no estado do Ceará atualmente. Para as entregas, Reginaldo afirma que muitas vezes precisou providenciar gasolina para encaminhar cestas a outros circos espalhados no interior do Ceará. A Associação recebeu 60 cestas da campanha.

Casa Sol Nascente

O TRE Solidário também beneficiou a Casa Sol Nascente. A instituição acolhe, há 25 anos, pessoas que testam soropositivo e que, por diversos motivos, sofrem algum tipo de abandono, ou não têm condição de cuidarem da saúde. Dez cestas básicas foram doadas nesse momento de pandemia à Casa, em Fortaleza. 

De acordo com Julya Cunha, auxiliar administrativa da instituição, a pandemia trouxe bastantes desafios. “Uma das maiores dificuldades foi quanto às doações, que diminuíram consideravelmente. Porém, ainda assim a maior delas foi a preocupação com a saúde e segurança dos nossos acolhidos”, pontua.

Julya conta que a doação do TRE-CE foi muito útil à entidade. “Por sermos uma instituição sem fins lucrativos e dependermos integralmente de doações, foi de grande proveito a todos os nossos acolhidos. Deixamos inclusive o nosso muito obrigado a todos os responsáveis por esta ação.”

A instituição Sol Nascente surgiu em 1995, em São Paulo. No início, acolhia apenas adultos. No entanto, devido à necessidade, em 2002, abriu vagas para receber crianças soropositivas e/ou órfãs em decorrência da AIDS. A Casa, então, alugou um novo espaço para os adultos que já se encontravam na instituição. Hoje, há capacidade para acolher 34 pessoas, sendo 16 crianças e 18 adultos. 

A instituição possui sedes em São Paulo e Fortaleza. As duas unidades contam com  psicólogos, nutricionistas, terapeutas ocupacionais, professores de música e profissionais de pedagogia, social e de saúde.


Texto e arte: Mari Lopes e Joyce Oliveira (ASCOM)

#PraTodosVerem Banner retangular com fundo azul-claro. Na parte superior, duas fotos. A primeira mostra três pessoas, uma mulher e dois homens segurando cestas básicas, sendo um deles o presidente da APAECE. A foto ao lado mostra três pessoas, sendo um entregador vestindo roupa azul, e dois beneficiados da instituição. Abaixo da foto da esquerda, o nome APAECE, em caixa alta, na cor azul-marinho. Abaixo da foto no canto direito, a legenda Casa Sol Nascente, na mesma cor. Na parte inferior do banner, centralizado, o nome TRE Solidário, em letra cursiva, na cor azul-marinho.

Últimas notícias postadas

Recentes