TRE-CE realiza ação no Instituto Cearense de Educação de Surdos

Durante todo o dia, alunos, familiares, professores e o corpo funcional da instituição foram atendidos por equipe do TRE-CE, por meio de equipamentos móveis instalados no local

Durante todo o dia, alunos, familiares, professores e o corpo funcional da instituição foram atendidos por equipe do TRE-CE, por meio de equipamentos móveis instalados no local

Dando continuidade às ações do Programa Eleitor do Futuro, a Escola Judiciária Eleitoral (EJE) do TRE-CE realiza, nesta quarta-feira, 11/03, ação de atendimento eleitoral no Instituto Cearense de Educação de Surdos. Desde as 8 até as 17 horas, alunos, familiares, professores e o corpo funcional da instituição são atendidos por equipe do TRE-CE, por meio de equipamentos móveis instalados no local, com a prestação de serviços eleitorais. Além disso, aconteceu, no período da manhã, a palestra "A Justiça Eleitoral do Ceará e as Ações de Cidadania", ministrada pela coordenadora de eleições do Tribunal, Edna Saboia. Participaram da apresentação 40 estudantes e 5 professores.

Além do intérprete de Libras disponibilizado pelo TRE-CE, Crystonberg Silva, responsável pela assistência durante o atendimento dos estudantes, a ação contou com mais quatro profissionais: dois da instituição, que se revezaram ao longo da palestra, e dois para apoio durante a apresentação.

A coordenadora da EJE, Águeda Gurgel, abriu o evento, apresentando os objetivos da atividade e as diretrizes do Programa de Acessibilidade da Justiça Eleitoral do Ceará. "Nossa intenção aqui não é que vocês somente tirem o título de eleitor ou resolvam alguma pendência eleitoral, mas que também possam entender a importância do voto de cada um. Nosso trabalho aqui é conscientizá-los a respeito disso".

As ações do Programa de Acessibilidade do TRE-CE e a segurança do processo de votação foram os temas presentes na palestra ministrada por Edna Saboia. Todo o processo de votação, desde a chegada à seção até a finalização do voto, foi explicado, de forma didática, aos alunos. A coordenadora finalizou a apresentação com a leitura da poesia "Minha mobilidade é reduzida, meu direito não", de autoria da servidora do TRE Rita Brígido.

A diretora do Instituto, Carla Alves, parabenizou a iniciativa do Tribunal. "Os surdos precisam dessas ações dentro da escola, e quando acontece dentro do Instituto, melhor ainda, pois eles se sentem em casa e sabem que contarão com intérpretes colaborando com a atividade". Mesmo com intérpretes da instituição, ela elogia a disponibilização de um profissional pelo TRE. "Achei maravilhosa essa sensibilidade na ação!", destaca.

Carla mencionou divulgações nas mídias, que ainda são muito voltadas ao público ouvinte, sem janelas de intérpretes ou legendas. "Sem esses recursos, as informações se perdem para eles. A ação do TRE é muito importante nesse sentido, pois o órgão se disponibiliza para atender à comunidade surda, a escola divulga através de seus próprios canais e acaba acolhendo também as famílias dos alunos, surdos que nunca estudaram na escola e ex-alunos. Todos participam deste momento", pontua.

A estudante Maria Eduarda já havia procurado atendimento antes para fazer seu primeiro título, mas encontrou muitas dificuldades de compreensão com os atendentes ouvintes. "A presença do intérprete torna tudo muito esclarecedor para a gente". Rafael Jhones, que também foi atendido durante a ação, elogia a iniciativa. "Foi muito importante eles virem aqui para nos ajudar a cumprir o papel de cidadão". As entrevistas com os surdos foram intermediadas pelo intérprete do TRE, Crystonberg Silva.

Programa Eleitor do Futuro

Desde o início de fevereiro de 2020, a Escola Judiciária Eleitoral do TRE-CE vem realizando ações educativas e atendimento eleitoral nas escolas de Fortaleza. Até o momento, foram emitidos 758 títulos e 576 estudantes participaram de palestra sobre segurança do processo de votação. As atividades tiveram início em 11 de fevereiro e estão previstas para encerrar no dia 31 de março, com visitas semanais a escolas da rede pública de ensino.

Últimas notícias postadas

Recentes