TRE do Ceará participará de seminário em Brasília

O seminário é voltado a profissionais e estudantes da área de Tecnologia da Informação, servidores e colaboradores ligados à área e ao público geral interessado no tema

Seminário 10 anos do Linux na Urna.

O secretário de Tecnologia da Informação do TRE do Ceará, Carlos Sampaio, participará do painel “Conquistas do Uenux – uma visão de usuário”, no Seminário sobre os 10 anos do Linux na urna eletrônica, a ser realizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no próximo dia 29 de maio.

O Seminário 10 anos do Linux na Urna contará com transmissão ao vivo pelo canal da Justiça Eleitoral no YouTube.

O evento ocorrerá no Auditório I da Corte, em Brasília, das 16h às 18h. O seminário é voltado a profissionais e estudantes da área de Tecnologia da Informação, servidores e colaboradores ligados à área e ao público geral interessado no tema. As inscrições podem ser feitas até as 17h do dia do encontro em link específico para o público externo e para os integrantes dos quadros da Justiça Eleitoral.

Durante as Eleições Municipais de 2008, todas as urnas eletrônicas utilizadas na votação passaram a funcionar com o sistema operacional Linux. A medida representou um grande avanço, uma vez que todo o conjunto de software da urna foi reconstruído para o novo sistema operacional que seria utilizado a partir de então.

O trabalho foi realizado pela Seção de Voto Informatizado, ligada à Secretaria de Tecnologia da Informação do TSE. Na ocasião, a equipe adaptou o chamado “kernel” do Linux e desenvolveu os drivers e bibliotecas, além de todos os aplicativos da urna. Todos os testes foram feitos por pessoas da própria equipe dedicadas a essa tarefa. A nova plataforma de software que passou a ser utilizada foi batizada de Uenux, uma junção de urna eletrônica com o Linux.

A implantação do Uenux foi um marco para a Justiça Eleitoral, que passou a ter o domínio completo do software da urna. A novidade promoveu a estabilidade, a segurança e a auditabilidade que existem até hoje no sistema brasileiro de votação.

Do ponto de vista mais amplo, o Uenux também representa um marco para a engenharia brasileira, na medida em que foi considerado, à época, o maior projeto de migração de software para Linux no Brasil. Isso porque foram cerca de 500 mil equipamentos que entraram em operação ao mesmo tempo, executando a mesma versão do software em todas as máquinas. O encontro da próxima semana servirá para marcar os 10 anos desse feito e promoverá a troca de experiências com a comunidade técnica.

Programação

A abertura do evento será realizada às 16h pelo secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, e pelo coordenador de Sistemas Eleitorais do Tribunal, José Melo. Na sequência, será apresentado o painel “História do Uenux – passado, presente e futuro”, com o servidor da Seção de Voto Informatizado do TSE Rodrigo Coimbra.

Às 17h20, os participantes acompanharão o painel “Conquistas do Uenux – uma visão de usuário”, com a secretária de TI do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Acre, Rosana Magalhães, e com o secretário de TI do TRE do Ceará, Carlos Sampaio. As homenagens e o encerramento do evento serão conduzidos por Giuseppe Janino e José Melo a partir das 17h40.

* Com informações do TSE

Últimas notícias postadas

Recentes