TRE-CE leva projeto Eleitor do Futuro a escola particular de Fortaleza

Diretor da EJE, juiz Roberto Viana Diniz, participou do evento nesta terça-feira, 13/8

Ação do Projeto Eleitor do Futuro no Colégio 7 de Setembro, unidade Centro.

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), por meio da Escola Judiciária Eleitoral (EJE), realizou, nesta terça e quarta-feira, 13 e 14/8, em duas sedes do Colégio 7 de Setembro (C7S), em Fortaleza, mais uma ação da IX Campanha de Educação Política e Alistamento Eleitoralde estudantes de 16 e 17 anos em escolas particulares. As atividades fazem parte do Projeto Eleitor do Futuro, desenvolvido pela Justiça Eleitoral, desde 2003, para promover a educação política dos jovens.

Na abertura do evento, na terça-feira, 13/8, na sede Centro do C7S, o professor Henrique Soares, diretor da unidade, recepcionou os mais de 140 alunos presentes no auditório e ressaltou a importância da ação em conjunto com o TRE-CE. O diretor da EJE, juiz Roberto Viana Diniz, agradeceu a parceria com o colégio e dirigiu-se brevemente aos jovens alunos, avaliando a importância da consciência cidadã e da participação política e eleitoral para a consolidação da democracia brasileira.

Na quarta-feira, 14/8, o evento foi realizado na sede Aldeota, com a participação de 400 alunos. O juiz auxiliar da Presidência do TRE, Daniel Carneiro, reforçou a importância do jovem participar do processo democrático:  "o voto é obrigatório a partir dos 18 anos, mas os jovens, desde os de 16 anos, já podem votar. Nosso objetivo é levar a mensagem do fortalecimento da democracia".

Palestra

Nos dois dias, o secretário de Tecnologia da Informação do TRE-CE, Carlos Sampaio, proferiu palestra abordando a segurança do voto eletrônico e do processo eleitoral. Ele aproveitou a oportunidade para elucidar aos estudantes sobre verdades e mentiras a respeito do funcionamento da urna eletrônica.

Atendimento

Nos dois dias, o TRE montou posto de atendimento, dentro dos próprios colégios. Os alunos tiveram a oportunidade de realizar o alistamento eleitoral com a coleta biométrica e puderam, ainda, conhecer o funcionamento e manuseio da urna eletrônica. Os professores e funcionários, fizeram a biometria. Foram atendidos, 214 eleitores.

Últimas notícias postadas

Recentes