Jovens eleitores participam da VIII Campanha de Educação Política e Alistamento Eleitoral

Jovens eleitores participam da VIII Campanha de Educação Política e Alistamento Eleitoral

TRE-CE jovens eleitores campanha EJE
Os jovens de 16 e 17 anos já saíram com título na mão

A aula, nesta quarta-feira, 13/9, para estudantes de três escolas públicas estaduais foi de cidadania e democracia. A convite do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará e mobilizados pela Secretaria Estadual de Educação (SEDUC), 45 alunos das Escolas Dragão do Mar, Visconde do Rio Branco e Liceu do Ceará compareceram à Central de Atendimento ao Eleitor de Fortaleza (CEATE), na Praia de Iracema.

Os jovens participaram ativamente da VIII Campanha de Educação Política e Alistamento Eleitoral, que faz parte do Programa Eleitor do Futuro, coordenado pela Escola Judiciária Eleitoral. No próximo dia 20, será a vez de estudantes de escolas particulares.

Com 16 e 17 anos, eles nunca votaram, mas já sabem a importância da eleição. "A gente tem que decidir quem vai ficar à frente de tudo no nosso país e tem que fazer a escolha certa", revela Ariadney Gamito, aluna do 1º ano da Escola Dragão do Mar. O colega de sala dela, Gabriel Alexandre, estava entusiasmado com a oportunidade: "O futuro do Brasil está na mão de todos! Todos nós temos que participar. Se a gente deixar nas mãos dos outros não vai adiantar de nada".

Bruno Silva, também aluno do 1º ano da Escola Dragão do Mar, foca nas matérias, nos estudos e também na política. Disse que se preocupa com o futuro do Brasil: "Quero escolher os representantes do nosso estado e do país, mas fico às vezes decepcionado com a corrupção... É importante conhecer o candidato para fazer a melhor escolha".

Alistamento Eleitoral

A primeira tarefa foi fazer o alistamento eleitoral e conhecer o sistema de identificação biométrica. A CEATE se preparou para recebê-los e designou 11 guichês só para o alistamento dos jovens. Muitos já ouviram falar da biometria, mas nesta oportunidade puderam ver de perto o procedimento de coleta das impressões digitais, assinatura em pad e posaram pra foto. Aprenderam que as informações biográficas e biométricas passarão a constar no Cadastro Nacional de Eleitores e, no dia da votação, a urna eletrônica estará preparada com os dados necessários ao exercício do voto, garantindo segurança e legitimidade às eleições.

Com o título na mão, a estudante Maria Eduarda Alves Pereira, da Escola Visconde do Rio Branco, já tem planos para ele: "Vou plastificar e na eleição vou usá-lo com responsabilidade!".

Protagonismo estudantil

Depois de fazerem o título de eleitor, os alunos foram ao auditório do Fórum Eleitoral Péricles Ribeiro. A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, saudou a todos com a emoção de quem já foi aluna do Liceu do Ceará. "Vocês irão estrear o dever cívico no próximo ano, na eleição de 2018. Desde já, cada um deve assumir este compromisso: 'Eu sou responsável e tenho maturidade suficiente para saber a importância do meu voto. Um voto consciente e livre.' Nós precisamos disso!", finalizou.

Após, os estudantes assistiram ao documentário "Nunca me sonharam", lançado em 2017, com direção de Cacau Rhoden, que trata da realidade do ensino médio em escolas públicas. Depois da exibição, os alunos participaram de uma roda de conversa.

A Campanha de Educação Política e Alistamento Eleitoral é realizada desde 2003. Neste ano, além de Fortaleza, a Campanha se estenderá até o dia 19 de dezembro nas seguintes zonas eleitorais: Iguatu (13ª ZE), Missão Velha (16ª ZE); Itapipoca (17ª ZE), Crateús (20ª ZE), Sobral (24ª e 121ª ZE’s), Milagres (26ª ZE), Crato (27ª ZE), Juazeiro do Norte (28ª e 119ª ZE’s), Limoeiro do Norte (29ª ZE), Barbalha (31ª ZE), Camocim (32ª ZE), Viçosa do Ceará (35ª ZE), Itapagé (41ª ZE), Jucás (43ª ZE), Nova Olinda (53ª ZE), Várzea Alegre (62ª ZE), Cariré (65ª ZE), Aquiraz (66ª ZE), Brejo Santo (70ª ZE), Caririaçu (71ª ZE); Ibiapina (73ª ZE), Horizonte (78ª ZE), Tianguá (81ª ZE), Eusébio (88ª ZE), Amontada (89ª ZE), Bela Cruz (96ª ZE), Itarema (98ª ZE), Maracanaú (104ª e 122ª ZE’s), Capistrano (105ª ZE) e Caridade (111ª ZE). 

Os estudantes serão atendidos nos próprios cartórios eleitorais ou centrais de atendimento ao eleitor, mediante agendamento. A mobilização das escolas ficará a cargo da Escola Judiciária Eleitoral e da CEATE, em parceria com a Secretaria da Educação do Estado do Ceará (SEDUC). A Campanha também será estendida às escolas particulares e terá o apoio do Sindicato dos Estabelecimentos de Educação Básica, Escolas de Idiomas, Ensino Livre, Ensino Profissionalizante e Educação Superior no Estado do Ceará (SINEPE-CE). 

No interior do Estado, o atendimento ocorrerá nas centrais de atendimento ao eleitor ou cartórios eleitorais das zonas participantes, que ficarão responsáveis pela mobilização e pela convocação das escolas.

Últimas notícias postadas

Recentes