Youtube
Facebook
Twitter
Rss

Imprensa

29 de setembro de 2017 - 13h44

encerramento da Semana da JE
Alunos de várias escolas se apresentaram na Semana da JE

Cultura e cidadania marcam o encerramento da 7ª Semana da Justiça Eleitoral

Música, dança, arte e cidadania encerraram, na manhã desta sexta-feira, 29/9, na Praça do Ferreira, as apresentações da 7ª Semana da Justiça Eleitoral do Ceará. Eleitores que aguardavam atendimento e frequentadores da Praça prestigiaram o último dia de apresentações do evento. 

Primeira atração a se apresentar, o grupo musical Bamac, composto por dançarinos e músicos que se apresentam ao ar livre com movimentos corporais, trouxe como tema figurinos, músicas e performances do filme Vingadores: Guerra Infinita, que irá estrear em breve nos cinemas. Para Cássio Alves, regente da banda, o mote da apresentação busca levar uma mensagem de resgate a crianças e jovens. “Se não pudermos defendê-los, nós vamos vingá-los. Nós já perdemos muitos jovens por conta do tráfico e de más influências, então ‘vingar’ quer dizer que vamos fazer com que outras pessoas não caiam no mesmo mau caminho”, resume. 

A Bamac de Maranguape é composta por alunos e ex-alunos do Caic Senador Carlos Jereissati. A banda possui 90 alunos engajados em um trabalho voluntário de levar a música por todo o Brasil, mesclando elementos do cinema e de outras artes. Eles já participaram de campeonatos de bandas, levando títulos estaduais, regionais e nacionais. Envolvida nas atividades do Programa Eleitor do Futuro, a escola já realizou em sua própria sede o trabalho de recadastramento biométrico e para o coordenador geral da banda e professor Henrique Almeida, a iniciativa do TRE é de grande “ajuda aos alunos que não têm condições de ir até o TRE, então o órgão vem até eles”. 

Cantando as riquezas de Fortaleza e do Ceará com composições de Heitor Villa-Lobos, Belchior e Ary Barroso, bem como exaltando valores como respeito e amizade, a escola estadual Patronato da Sagrada Família, do bairro Antônio Bezerra, apresentou-se com o grupo Acordes Instrumental. Acompanhado da professora e regente, Diany Gomes, o grupo embalou a manhã com músicas nacionais, internacionais, populares e eruditas. “Nós estamos trabalhando e lutando para que a música não morra dentro das escolas, para que todos estejam cientes de que isso é cidadania”, afirma.  

Vitória Moreira, componente do Acordes há três anos, manifesta o desejo do grupo de “trazer às pessoas o sentimento de amor e fraternidade e para relembrar a cultura do nosso país”. Ao final das apresentações, os regentes das bandas, Cássio Alves e Diany Gomes, foram homenageados pela EJE com a entrega do diploma Escola Amiga da Democracia. 

Balanço 

O coordenador da Escola Judiciária Eleitoral, Humberto Mota Cavalcanti, comemorou e citou motivos que levaram ao sucesso da realização do evento, como a ampliação da estrutura, “que proporcionou maior conforto aos eleitores”, uma equipe de terceirizados atuando todos os dias, “favorecendo a agilidade no atendimento, que atingiu uma média de mais de 300 eleitores por dia” e a divulgação de atendimentos descentralizados na capital para quem não podia aguardar durante o evento. Para as próximas edições, o coordenador da EJE adiantou que haverá ampliação do horário de apresentações das escolas.

Gestor Responsável: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social +