Iniciada a revisão biométrica em Coreaú e Moraújo

TRE-CE inicia revisão biométrica em Coreaú e Moraújo

TRE-CE biometria Coreaú
A audiência pública de lançamento da biometria aconteceu no Salão Paroquial de Coreaú

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará iniciou na sexta-feira, 25/8, as revisões eleitorais em Coreaú e Moraújo – 64ª Zona Eleitoral. O vice-presidente e corregedor do TRE-CE, desembargador Haroldo Correia de Oliveira Máximo, conduziu a audiência pública, no Salão Paroquial, no Centro de Coreaú, que marcou o início do recadastramento obrigatório dos 26.405 eleitores dos dois municípios.

Participaram ainda da audiência pública, o juiz da 64ª Zona Eleitoral, Guido de Freitas Bezerra; os prefeitos de Coreaú, Carlos Roner, e o de Moraújo, Carlos Áquila; além de vereadores; servidores da Justiça Eleitoral e autoridades locais.

O desembargador Haroldo Máximo ressaltou "a importância do comparecimento dos eleitores, desde o início do processo revisional, a fim de que seja possível recadastrar o eleitorado dos dois municípios e evitar transtornos nos últimos dias". O corregedor do TRE alertou para a obrigatoriedade dos eleitores de Coreaú e Moraújo irem aos postos de atendimento, para coleta de dados biométricos, até 30 de novembro de 2017.

No final da audiência pública, a coordenadora de Administração do Cadastro Eleitoral, Lorena Belo, fez uma apresentação técnica do Projeto Biometria no Ceará.

Meta

O TRE-CE esclarece que, para o conforto dos próprios eleitores, há necessidade de agendar o atendimento, através do telefone 148 ou no site do tribunal.

A meta do TRE-CE é recadastrar cerca de 75% do eleitorado do estado até as eleições de 2018 e atingir 100% em 2020. Para o ciclo 2017-2018, 67 municípios passarão pelo processo de revisão biométrica. Deste total, 29 já entraram em revisão de eleitorado, neste ano. Até as eleições de 2018, 129 dos 184 municípios do Ceará atingirão 100% do eleitorado recadastrado com biometria.

Cronograma 

O TRE do Ceará já agendou as próximas audiências públicas que darão início ao recadastramento biométricos de eleitores nos municípios de Barro e Aurora (31/8); e Mauriti e Lavras da Mangabeira, no dia 1º de setembro. 

Últimas notícias postadas

Recentes