ir
Bandeira de identificação do portal
23 de julho de 2014 - 13h43
Mais informações sobre o conteúdo Impressão

Recadastramento biométrico no Ceará

O recadastramento biométrico é realizado para dar maior segurança à identificação do eleitor no momento da votação. No Ceará, teve início em 2009 para os eleitores do município de Eusébio, quando passaram pelo procedimento 21.746 mil eleitores (0,47% do eleitorado do Ceará). Em 2013, participaram desse processo os eleitores de Aquiraz, Sobral, Alcântaras, Forquilha, Juazeiro do Norte, Crateús e Ipaporanga, que juntos perfizeram o total de 426.309 mil eleitores recadastrados (6,80% do eleitorado do Ceará).

Quando realizado, em determinado município, é obrigatório para todos os eleitores, inclusive para os analfabetos, eleitores entre 16 e 18 anos e com mais de 70 que possuem título de eleitor (voto facultativo), os quais devem comparecer pessoalmente. Quem não se recadastra, tem o título cancelado, o que acarreta alguns impedimentos, como: votar nas próximas eleições (caso não regularize a tempo a sua situação no cartório eleitoral); inscrever-se em concurso público; participar de concorrência pública; obter passaporte, carteira de identidade e CPF e outros.

Durante os trabalhos, são capturadas as impressões digitais dos dedos das mãos do eleitor, colhida sua assinatura e tirada uma foto. Esse momento é importante também para atualizar os dados cadastrais (endereço, etc).

Com o recadastramento biométrico, o eleitor passa a se identificar apondo sua digital no microterminal da urna eletrônica; não precisando mais aditar sua assinatura no Caderno de Votação.

Notícias

Acesse as notícias relacionadas

 

    Mapa do site
    Rua Jaime Benévolo, 21 - Centro - Fortaleza, CE - CEP 60050-080 - Brasil - Tel: (85) 3453-3500
    PABX Zonas da Capital: (85) 3211-2600 - Petições via fac-símile (85) 3252-3645 / 3453-3748