19 de dezembro de 2014 - 16h41
Mais informações sobre o conteúdo Impressão

Recadastramento biométrico no Ceará

O recadastramento biométrico é realizado para dar maior segurança à identificação do eleitor no momento da votação. No Ceará, teve início em 2009 para os eleitores do município de Eusébio, quando passaram pelo procedimento 21.746 mil eleitores (0,47% do eleitorado do Ceará). Em 2013, participaram desse processo os eleitores de Aquiraz, Sobral, Alcântaras, Forquilha, Juazeiro do Norte, Crateús e Ipaporanga, que juntos perfizeram o total de 426.309 mil eleitores recadastrados (6,80% do eleitorado do Ceará).

Com a reabertura do cadastro, após as eleições de 2014, os municípios, abaixo relacionados, iniciaram, mediante atendimento ordinário, a coleta de dados biométricos.

Relação dos municípios que iniciaram o
recadastramento biométrico em 2014,
após as eleições
Abaiara
Camocim
Crato
Fortaleza
Ibiapina
Iguatu
Limoeiro do Norte
Maracanaú
Milagres
Quixelô
Ubajara

Durante os trabalhos, são capturadas as impressões digitais dos dedos das mãos do eleitor, colhida sua assinatura e tirada uma foto. Esse momento é importante também para atualizar os dados cadastrais (endereço, etc).

Com o recadastramento biométrico, o eleitor passa a se identificar apondo sua digital no microterminal da urna eletrônica; não precisando mais aditar sua assinatura no Caderno de Votação.

Visando um maior conforto aos cidadãos, foi criado o agendamento biométrico, por meio do qual o eleitor pode marcar a data e a hora do seu atendimento. Para utilizá-lo, acesse diretamente o sistema de agendamento, a qualquer momento, ou ligue para o nº 148, de segunda a sexta-feira, de 8 às 17h.

Para o agendamento, é preciso ter em mãos o número do título de eleitor. Acesse a consulta ao título.

Notícias

Acesse as notícias relacionadas